Como as marcas podem entender os jovens da Geração Z e se comunicar melhor com eles?

Nenhum deles viveu em um mundo sem internet. Metade considera o celular seu melhor amigo. E muitos já representam um grupo enorme de consumidores prestes a ter um poder de compra bem maior. Estamos falando dos jovens nascidos depois de 1995 que compõem a chamada Geração Z e estão entrando agora no mercado profissional. Em

Excelência em Gestão

Após 40 anos como executivo na área financeira, o CEO da Pande, Fernando Faria, chegou decidido a levar para a área de criatividade as mais modernas técnicas de gestão.             “Minha cachaça são os processos”. Para muitos, é difícil imaginar o Chief Executive Officer da Pande, Fernando Faria, falando dessa maneira. Mas basta perguntar a

Além das fronteiras

Entre os maiores produtores de criatividade do mundo, o Brasil ocupa uma posição de destaque e o design brasileiro começa a atrair o interesse de empresas internacionais. Nas últimas décadas, praticamente todos os setores da economia tiveram que repensar seus modos de atuação e as empresas não só passaram a reconhecer a importância do conhecimento

Uma questão de Identidade

Quando pensamos em uma pessoa e em suas qualificações, é comum analisarmos como ela se expressa visual e verbalmente. Comunicar-se bem é fundamental para ser compreendido e conquistar a atenção de quem interage com você. Entre as empresas, o fenômeno é semelhante, por isso as estratégias para criar uma boa expressão de marca têm ganhado

Sua marca sabe falar?

Assim como as palavras são a expressão do nosso pensamento, para uma marca, elas são a expressão do seu posicionamento. O que a gente fala e como a gente fala dizem muito sobre quem a gente é. Os valores em que acreditamos, cada história que vivemos, a cultura na qual estamos inseridos, as experiências pelas

Reinventando o Brasil

Por Rodrigo Forbeck Foto: Assessoria de Imprensa Apex-Brasil   Pensar muito além dos estereótipos. Misturar inovação, cultura, tecnologia e alegria brasileiras com estratégias atraentes aos investidores estrangeiros. É com um olho na criatividade que o Brasil sempre teve e outro nas tecnologias e estrutura recém-conquistadas que Maurício Borges vem fazendo com que o design nacional