Logotipo: por que mudar com o tempo?

Já não podemos ignorar que um bom design faz toda a diferença em um negócio. Afinal, uma identidade visual utilitária e agradável é uma das principais ferramentas de comunicação responsáveis por causar uma boa impressão e dar credibilidade à marca. E, como uma síntese da identidade visual, está o logotipo, que geralmente é o elemento

INFO

Já não podemos ignorar que um bom design faz toda a diferença em um negócio. Afinal, uma identidade visual utilitária e agradável é uma das principais ferramentas de comunicação responsáveis por causar uma boa impressão e dar credibilidade à marca. E, como uma síntese da identidade visual, está o logotipo, que geralmente é o elemento mais impactante, sendo a primeira lembrança dos consumidores quando pensam na empresa. Por isso, é importante dar uma atenção especial a ele!

Dessa forma, o logotipo precisa acompanhar as constantes transformações, sejam elas relativas à empresa ou ao mundo em geral. Mas isso não significa que a companhia deve apresentar um novo logotipo a cada ano. Uma atualização deve ser pensada de forma estratégica, para comunicar algo realmente relevante e de interesse do público. Assim, são vários os motivos que levam uma marca a realizar essa mudança e, neste artigo, você vai conhecer alguns deles. 

#1 Para marcar a fusão ou diferenciação de marcas

Uma marca que realizou a mudança de logotipo com essa finalidade, recentemente, foi o Facebook. Mas não estamos falando da rede social e, sim, do Facebook como empresa. E a mudança ocorreu justamente para ressaltar essa diferença! 

Quando falamos do Facebook, geralmente lembramos do símbolo azul com a letra “f”. E, em seguida, fazemos a associação do nome à rede social. Desse modo, a empresa tinha algumas dificuldades em se comunicar como corporação (que vai bem além da plataforma).

Por isso, como solução, foi criado um novo logotipo, que não tem a função de substituir o ícone da rede social, mas, sim, ser algo extra, que transmita a nova cara do Facebook Company. E, como parte dessa estratégia, ele foi aplicado em alguns produtos da empresa, como WhatsApp e Instagram, a fim de evidenciar a mudança para o público.

O logotipo é uma ótima estratégia para fortalecer a comunicação da marca e expressar seu posicionamento

#2 Para mostrar uma nova etapa da marca

Quando grandes mudanças ocorrem internamente, é preciso comunicar ao consumidor que a empresa está em um novo momento. Consequentemente, a comunicação da marca será repensada e isso se traduz de diversas formas, inclusive em uma nova identidade visual e, em alguns casos, até mesmo, no logotipo. Um desses exemplos foi o projeto que a Pande realizou para a Broto Legal, que é uma companhia paulista do setor de alimentos! 

Depois de ser adquirida por um grupo econômico, a empresa ganhou um novo direcionamento para se reposicionar no mercado. A partir disso, desenvolvemos uma estratégia mais contemporânea para as suas marcas e o seu portfólio de produtos, a fim de representar, de fato, os conceitos que atualmente orientam a atuação da companhia. 

alteracao-no-logotipo-da-marca-broto-legal
logotigo-e-rebranding-da-broto-legal
Para marcar uma etapa de transição, as marcas investem em uma nova identidade visual, como a marca Broto Legal.

Dessa forma, fizemos um redesign completo da marca — desde o logotipo até as embalagens — que ganharam ares modernos, com traços mais sofisticados e cores mais atrativas —, garantindo, assim, que o consumidor reconhecesse a mudança da empresa, tanto nas redes sociais quanto nas gôndolas dos supermercados. 

#3 Para revelar um novo portfólio

São raras as vezes em que uma companhia começa e continua, por muito tempo, com os mesmos produtos. Isso é muito difícil, pois o mercado está em constante transformação, então novas oportunidades surgem e o negócio evolui. E essas mudanças refletem diretamente no design, afinal, ele precisa estar alinhado ao propósito da empresa! Dessa forma, a marca tem que ser repaginada, principalmente se ela tiver um logotipo descritivo

Para ilustrar, podemos citar dois cases bem famosos: Adidas e Starbucks. No primeiro logotipo dessas marcas foram incluídos elementos que remetiam diretamente ao produto vendido: o tênis e o café, respectivamente.

transformacao-no-logotipo-das-adidas-e-starbucks
Para aderir às transformações do mercado, as marcas passam por um processo de alteração no logotipo, destacando a nova fase.

Mas, com o tempo, a Adidas diversificou o portfólio de artigos esportivos (como roupas, mochilas e squeezes) e a Starbucks adicionou lanches ao cardápio, como sanduíches e cookies. Desse modo, as marcas foram reestruturadas, passando a ser mais abrangentes.

estruturacao-do-logotipo-da-adidas-e-starbucks
Com a reestruturação do portfólio, as marcas atendem às necessidades dos consumidores e ampliam seus serviços

#4 Para atualizar o logotipo

Em alguns casos, ele ainda representa o portfólio da empresa, mas vai de encontro ao que é praticado mais atualmente no design. Isso não significa que a cada nova tendência é necessário realizar um redesenho do logotipo (isso, inclusive, não é recomendado). Mas, quando ele se torna obsoleto, deixando de conversar bem com o público, exige mudanças.

Uma marca que, recentemente, percebeu essa necessidade e optou por modernizar o seu logotipo foi a Volkswagen. Para isso, um design mais minimalista foi desenvolvido, e o símbolo da marca passou a dialogar melhor com uma das ideias que estão em alta: a simplificação no design.

simplificacao-do-logotipo-da-volkswagen
As novas tendências do mercado também impactam o processo de criaç?o de uma nova identidade, refletindo no logotipo

Esses são alguns dos motivos que levam uma marca a realizar mudanças no seu logotipo. Mas eles não são os únicos. Ela pode, por exemplo, fazer um logotipo comemorativo ou promocional, para ser aplicado em uma ação específica ou por um periodo temporário. Assim, o melhor momento e a mudança mais adequada precisam ser pensados de forma estratégica, levando em consideração o propósito e o contexto atual da empresa.